Tel:(54) 3356 1474 | E-mail: contato@radiocidaders.com.br



Multa será maior para quem transportar crianças sem cadeirinha

A partir de primeiro de novembro, entram em vigor as mudanças na lei de trânsito, inclusive o valor da multa


Foto: Divulgação

Mães, pais ou responsáveis de crianças menores de 10 anos devem redobrar atenção na hora de transportar os pequenos em veículos. A partir de primeiro de novembro, quando entram em vigor as mudanças na lei de trânsito, as penas para aqueles que transportarem os filhos sem a devida segurança vão ficar mais duras.
A multa prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro para os que colocam em risco a vida das crianças nos automóveis – uma infração gravíssima – vai subir de 191 para 293 reais, com retenção do veículo. As normas são simples de seguir: os menores de dez anos deverão ser transportados nos bancos traseiros, usando individualmente cinto de segurança ou cadeirinhas, bebê conforto e assento de elevação, dependendo da idade.
Lembrando que é muito importante utilizar equipamentos certificados, apropriados ao tamanho e ao peso da criança e que se adaptem devidamente ao automóvel. Bebês de até um ano de idade devem ser transportados no banco de trás do carro no bebê conforto, de costas. Crianças entre um e quatro anos devem ficar na cadeirinha presa com o cinto e no banco traseiro.
No caso de crianças com idade entre quatro e sete anos e meio, deve ser utilizado um assento de elevação no banco de trás. Por fim, crianças com idades entre sete anos e meio e 10 anos devem utilizar apenas cinto de segurança no banco de trás.

Fonte: Rádio Sananduva