Tel:(54) 3356 1474 | E-mail: contato@radiocidaders.com.br



O torcedor está insatisfeito e tem total direito de se manifestar, diz Ernando

Reapresentação do Inter no CT Parque Gigante foi marcada por protestos


Foto: Inter / Divulgação / CP

Na zona de rebaixamento com apenas 27 pontos conquistados, o Inter voltou a Porto Alegre após a derrota para o Atlético-MG com protesto da torcida no aeroporto Salgado Filho na madrugada desta segunda-feira. À tarde, o treino no CT Parque Gigante também foi marcado por manifestações. Titular da equipe de Celso Roth, o zagueiro Ernando afirmou que entende as cobranças dos torcedores.
“Como estamos nesse momento ruim e o time na zona de rebaixamento é normal que o torcedor faça manifestações. Nós jogadores temos de estar preparados para essas situações. Você tem que ter a cabeça tranquila, no lugar. A cobrança maior é a nossa mesma. Sabemos que não é suficiente o que temos feito dentro de campo. É trabalhar para que possamos chegar a um determinado ponto para transformar o que treinamos em vitória”, afirmou Ernando, que projeta duas finais para o Inter contra Figueirense e Coritiba.
“O torcedor está insatisfeito e tem total direito de se manifestar. Sabemos que a situação é complicada, mas ainda há chances e vamos lutar para que esses pontos possam ser conquistados pela nossa equipe. Temos de começar por esses dois jogos em casa que serão como finais contra adversários diretos. Vamos lutar para sair dessa situação o mais rápido possível”, seguiu.
Antes de enfrentar o Figueirense no sábado, o Inter entra em campo na quarta-feira, às 19h30min, para encarar o Santos pela Copa do Brasil. Embora o foco principal esteja na fuga contra o rebaixamento no Brasileirão, Ernando afirma que o grupo não deixa o jogo contra o Peixe de lado.
“Na Copa do Brasil a gente conseguiu a classificação diante do Fortaleza. Vamos encarar um adversário que conseguimos duas vitórias no Brasileirão, mas é um time muito qualificado. Eles vão tentar aproveitar o mando de campo para definir o resultado. Nós vamos tentar não sofrer gol para assim aumentar a nossa chance de classificação”, finalizou.

Fonte: Correio do Povo