Tel:(54) 3356 1474 | E-mail: contato@radiocidaders.com.br



Oposição vai usar nova fase da Lava Jato para pressionar debate do impeachment

Etapa da operação teve oito mandados de prisão decretados


Partidos de oposição incluíram na pauta da reunião, marcada para esta terça-feira (23), repercussões da 23ª fase da Operação Lava Jato, denominada Acarajé, deflagrada nesta segunda-feira pela Polícia Federal. A nova etapa da operação teve oito mandados de prisão decretados, entre eles estão o do publicitário João Santana e de sua mulher, Mônica Moura. O casal está fora do país, em viagem à República Dominicana. A polícia investiga o envio irregular de dinheiro para contas do publicitário no exterior.
Parlamentares da oposição querem usar as novas investigações para aumentar pressão em relação ao pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O líder do DEM na Câmara, deputado Pauderney Avelino (AM), destacou que os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda estão analisando as contas da campanha da chapa de Dilma e Michel Temer. “Possivelmente esta chapa vai ser cassada. Esta operação vem trazer mais elementos para mostrar que foi usado dinheiro sujo na campanha de Dilma”, disse o líder.

Fonte: Correio do Povo