Tel:(54) 3356 1474 | E-mail: contato@radiocidaders.com.br



Polícia inicia o trabalho de investigação do assalto em Barracão

Testemunhas e vítimas são ouvidas


Fonte: Autoria desconhecida

A Polícia Civil começou ouvir nesta quarta (09) testemunhas e vítimas do assalto às duas agências bancárias em Barracão. Serão analisadas as imagens de câmeras do circuito interno e coletadas informações e possíveis pistas.
Segundo o delegado polícia titular de São José do Ouro Edson de Freitas Reis que responde por Barracão, uma equipe do DEIC – Departamento Estadual de Investigações Criminais - deve auxiliar no trabalho.
Na tarde desta terça os policiais Civis também participaram das buscas aos assaltantes, no interior da região. Ainda ontem, o delegado acompanhou o trabalho inicial da perícia.
“Os esforços foram concentrados na captura dos criminosos que, infelizmente não ocorreu”, destaca Dr. Edson.
Algumas investigações e perícias na tentativa de identificação dos autores já iniciaram logo após o assalto, de acordo com o delegado. Ainda conforme a autoridade policial, até ontem as agências não haviam feito levantamento da quantia de dinheiro levada no assalto.
O carro utilizado foi encontrado abandonado no interior de Machadinho, em frente ao cemitério de Arroio Mariano, com problemas mecânicos. Tinha a tarjeta da placa de Caxias do Sul, mas pela numeração era de Santa Catarina, ou seja, estava adulterada. Possivelmente, um veículo de apoio, ainda não identificado resgatou os assaltantes.
O assalto ocorreu por volta das 11h30 desta terça, dia 08. Os dois bancos ficam no centro da cidade e são separados apenas por uma moradia. Apesar de disparos feitos pelos assaltantes, ninguém se feriu.
Em nota, o Sicredi informou "que houveram apenas danos materiais, sendo preservada a integridade física de colaboradores e associados". Ressalta que a agência de Barracão está fechada nesta quarta, aguardando a liberação da perícia. Assim que o local for liberado, o atendimento voltará ao normal.

Fonte: Radio Cidade