Tel:(54) 3356 1474 | E-mail: contato@radiocidaders.com.br



RS pode fechar safra de verão com mais de 30 milhões de toneladas de grãos:

A safra de verão 2016/2017 deverá alcançar uma produção de 30,86 milhões de toneladas, causando impacto econômico no valor bruto superior a R$ 29 bilhões.


Palacio Piratini

O estado poderá colher a maior safra de grãos de verão dos últimos anos, de acordo com levantamento de condições das lavouras divulgado pela Emater/RS-Ascar nesta terça-feira (7). A safra de verão 2016/2017 deverá alcançar uma produção de 30,86 milhões de toneladas, causando impacto econômico no valor bruto superior a R$ 29 bilhões. O balanço foi anunciado durante o tradicional Café com Leite para a Imprensa, na Casa da Família Rural, na Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque.
Os dados coletados em todo o estado consideram a situação das lavouras até a primeira quinzena de fevereiro. A cultura de arroz foi cultivada em 101 municípios, 95% da área estimada. Com um aumento de área de 0,37% hectares (área atual de 1,092 milhão), a expectativa de produção é de 8,45 milhões de toneladas, um aumento de 12,79%, comparado à produção da safra passada.
A primeira safra do feijão foi cultivada em 210 municípios, 83% da área estimada. Para esta cultura, também foi confirmada a tendência de manutenção da área em relação à safra anterior, mesmo considerando os preços altamente vantajosos para o produtor. Se confirmada a produtividade de 1.753 quilos por hectare será a maior até hoje alcançada, possibilitando que a produção aumente em 19,39% em relação ao ano passado, alcançando 71,1 mil toneladas. Apesar dos problemas pontuais em decorrência do clima, regiões importantes como Caxias do Sul, Frederico Westphalen e Erechim compensaram positivamente com produtividades médias próximas de dois mil quilos por hectare.

site do governo do Rio Grande do Sul