Tel:(54) 3356 1474 | E-mail: contato@radiocidaders.com.br



Semana Nacional do Trânsito tem debate sobre obrigatoriedade de exame toxicológico para motoristas

O exame é feito apenas quando o motorista vai renovar a CNH ou mudar de categoria


Foto: Divulgação

Com o tema, Eu sou + um por um trânsito + seguro, a Semana Nacional do Trânsito começou neste domingo, 17/09/2016 e se estende até o próximo, dia 25 de setembro, com uma série de programações por todo estado, além da realização de blitzes educativas e de fiscalização. Entre as atividades agendadas ganha destaque um debate sobre recentes mudanças na Lei do Motorista, que obrigam exames toxicológicos para profissionais que dirigem caminhões, ônibus e lotações, responsáveis por transportar cargas ou passageiros. A iniciativa é nova e entrou em vigor no começo deste ano em todo o Brasil. Desde a vigência, milhares de motoristas já foram reprovados nos exames e afastados das funções em diversos estados do País.
O exame é feito apenas quando o motorista vai renovar a CNH ou mudar de categoria. O teste toxicológico consegue detectar substâncias como cocaína, crack, maconha, anfetamina e suas derivações dentro de 90 dias. Caso o motorista seja reprovado, ele precisa esperar mais 90 dias para fazer um novo exame.
O uso dos chamados rebites, que são estimulantes para se manter acordado, se tornaram hábito comum entre alguns caminhoneiros que permaneciam mais tempo ao volante com o objetivo de acelerar a viagem. Entretanto, o consumo deste tipo de droga é responsável pela causa de acidentes e serviu para implementar a obrigatoriedade do exame toxicológico entre a classe.

Fonte: R7/Rádio Guaíba